Trabalhos

Novelas

  • “Malhação – Vidas Brasileiras” – TV Globo – personagem: Getúlio – 2018 / 2019
  • “A Lei do Amor” – TV Globo – personagem: Sansão – 2016
  • “Geração Brasil” – TV Globo – personagem: Devandra Ananda (Murphy) – 2014
  • “Da Cor do Pecado” – TV Globo – personagem: Cezinha – 2004
  • “Sabor da Paixão” – TV Globo – personagem: Zezinho – 2003

Minissérie

  • “Amazônia, de Galvez a Chico Mendes” – TV Globo – personagem: Alcides – 2007

Séries

  • “Louco por Elas” – TV Globo – personagem: Vitório – 2013
  • “Adorável Psicose” – Multishow – personagem: Felipe – 2013
  • “Do Amor” – Multishow – personagem: Rodrigo – 2012
  • “Faça sua História” – TV Globo – personagem: adolescente – 2008
  • “A Diarista” – Episódio “Aquele Raio-X” – TV Globo – personagem: enfermeiro – 2005
  • “A Grande Família” – TV Globo – personagem: carteiro – 2002
  • “Brava Gente” – TV Globo – personagem: Beto Galo – 2002

Especiais

  • “Nascemos pra Cantar – Chitãozinho e Xororó” – TV Record – personagem: Chitãozinho – 2010
  • “Tecendo o Saber” – TV Globo e Canal Futura – personagem: Ezequiel – 2005

Longas-metragens

  • “Alguém como Eu”, de Leonel Vieira – personagem: Fred – 2017
  • “A Voz do Silêncio”, de André Ristum – personagem: Alex – 2016
  • “Berenice Procura”, de Allan Fitterman – personagem: legista – 2016
  • “O Beijo no Asfalto”, de Murilo Benício – personagem: O Morto – 2015
  • “Cazuza – O Tempo não Pára”, de Sandra Werneck e Walter Carvalho – personagem: Dé Palmeira – 2004
  • “O Jardim Secreto”, de Frances Hodgson Burnett – 2013
  • “A Ver Estrelas”, de João Falcão – 2008
  • “Ensina-me a Viver”, de Harold e Maude de Colin Higgins – 2007
  • “Cauby! Cauby!”, de Flávio Marinho – 2007
  • “Laranja Mecânica – A Clockwork Orange”, de Anthony Burgess – 2002
  • “Trainspotting, de Irvine Welsh – 2002”
  • “Alice Através do Espelho”, de Lewis Carrol – 2001
  • “Marat-Sade”, de Peter Weiss – 2001
  • “Fausto Gastrônomo”, de Richard Schechner – 2000
  • “Um Homem chamado Shakespeare”, de Bárbara Heliodora – 1999
  • Estreou como diretor e adaptador no musical infantil “As Aventuras do Menino Iogue”, em 2015.
  • Prêmio Botequim Cultural – Melhor Direção e Adaptação por “As Aventuras do Menino Iogue” – 2015
  • Prêmio Arte Qualidade Brasil – Melhor Ator Teatral Drama por “Ensina-me a Viver” – 2008
  • Prêmio APTR – Melhor Produção para os produtores associados Arlindo Lopes e Glória Menezes por “Ensina-me a Viver”- 2008
  • Prêmio Arte Qualidade Brasil – Melhor Espetáculo Teatral Drama por “Ensina-me a Viver” – 2008
Dados Pessoais
  • Nome: Arlindo Lopes
  • Altura: 1,80
  • Aniversário: 07/03/79
  • Peso: 70kg
  • Sapatos: 40/41
  • Olhos: Castanhos
  • Cabelos: Castanhos
  • Manequim: 40