Trabalhos

Novelas

  • “Órfãos da Terra” – TV Globo – personagem: Davi – 2019
  • “Liberdade Liberdade” – TV Globo – personagem: Ventura Rubião – 2016
  • “Malhação – Casa Cheia” – TV Globo – personagem: Sidney – 2013/2014
  • “Amor Eterno Amor” – TV Globo – personagem: Felipe – 2012

Minissérie

  • “Se Eu Fechar os Olhos Agora” – TV Globo – personagem: Danilo – 2018

Séries

  • “Sob Pressão” – Episódio 11 – TV Globo – personagem: Fred – 2018
  • “Filhos da Pátria” – TV Globo – personagem: Paulo Roberto – 2017
  • “As Brasileiras” – Episódio: “A Mamãe da Barra” – TV Globo – personagem: Miguel – 2012
  • “Dilemas de Irene” – Episódio: “Roupas” – GNT – personagem: Victor – 2011
  • “Desenrola Aí” – Multishow – personagem: Amaral – 2010
  • “Filhos do Carnaval” – Episódio: “19 de Maio” – HBO – personagem: Cris – 2008

Especiais

  • “Não se Apega Não” – Episódio: “29 de Novembro” – TV Globo – personagem: Dudu – 2015
  • “Procura-se Um Príncipe” – 2009

Série

  • “Aruanas” – 1ª e 2ª Temporadas – Globoplay – personagem: André – 2019 e 2021

Longas-metragens

  • “Intervenção: É proibido morrer”, de Rodrigo Pimentel – personagem: Fió – 2021
  • “Missão Cupido” – 2021
  • “Não Pare na Pista” – personagem: Albano – 2014
  • “Desenrola”, de Rosana Svartman – personagem: Amaral – 2011

Curtas-metragens

  • “INCH”, de Laércio Ribeiro e Ricardo Vieira – 2018
  • “Bem-vindo de Volta”, de Lucas Vasconcelos – 2017
  • “O Lunático”, de Bruno Lima – 2013
  • “O Alienista”, de Machado de Assis – direção de Gustavo Paso – 2022
  • “Vou Deixar de Ser Feliz por Medo de Ficar Triste?”, de Yuri Ribeiro – direção de Jorge Farjalla – 2018 / 2019
  • “O Ateneu”, de Carlos Wilson – direção de Oberdan Jr – 2018
  • “Querida Quitinete” – direção de Moisés Bittencourt – 2018
  • “Lololand”, de Heloísa Périssé – direção de Paulo Dimantas – 2018
  • “O Aprendiz de Feiticeiro” – direção de Eduardo Figueiredo – 2017
  • “A Terra é Azul” – direção de Tadeu Aguiar – 2017
  • “E o Vento vai Levando Tudo Embora” – direção de Regiana Antonini – 2016
  • “Só se Fala em Outra Coisa”, de Vitor Thiré – direção de Vitor Thiré – Stand up- 2015
  • “Cinderela”, de José Wilker – direção de Luiza Thiré – 2015
  • “Despertando para Sonhar”, de Eduardo Bakr – direção de Tadeu Aguiar – 2015
  • “Um Estranho no Ninho”, de Dale Wassermann – direção de Bruce Gomlevsky – 2015
  • “Deu Branco” – Cenas Improvisadas, de Vitor Thiré, Victor Lamoglia, Lucas Salles e Raphael Ghanem – 2014
  • “Garotos” – direção de Leandro Goulart e Afra Gomes – 2014
  • “Alice & Gabriel” – direção de Felipe Fagundes – 2013
  • “O Pacto”, de Goëthe – direção de Tadeu Aguiar – 2012
  • “AUKÊ – Uma peça para Super-Herois” – direção de Marco André Nunes e Pedro Kosovski – 2012
  • “O Círculo de Giz”, de Bertold Brecht – direção de João Batista – 2010
  • “O Auto da Compadecida”, de Ariano Suassuna – direção de João Batista – 2009
  • “As Bruxas de Salem” – direção de Johayne Hildefonso – 2009
  • “Os Cigarras e os Formigas”, de Maria Clara Machado – direção de João Batista
  • “Fazendo Amigos na Fazenda”, de Luiz Nicolau – 2004 a 2008
  • “O Boi e o Burro no Caminho de Belém”, de Maria Clara Machado – direção de Luiza Thiré e Cacá Mourthé
  • “O Casamento de Dona Baratinha”, direção de Karen Acioly – 1999/2000
  • Cursos e Oficinas: Workshop de Interpretação (Verdade e Presença) com Rodrigo Portella na CAL(2020 e 2022); Oficina de Máscaras Balinesas com Ana Achcar (2022); Workshop de Roteiro com Daniela Pereira de Carvalho na CAL (2020); Oficina de Máscaras Balinesas com Eduardo Vaccari (2018); Curso de Teatri – O TABLADO (2005 a 2012); Sapateado na Academia do TAP (2010 a 2012); Oficina de Palhaçaria com Márcio Libar (2011); CATSAPÁ – Escola de Musicais onde fez canto, circo, dança, teatro e sapateado (2008 a 2010); Dança Contemporânea / Jazz no Café Cultural / Espaço Tápias (2006 a 2008).
  • Prêmio de “Melhor Ator Coadjuvante” no “Botequim Cultural” pela peça “Vou Deixar de Ser Feliz por Medo de Ficar Triste?” – 2018
  • Indicado no Prêmio APTR de Teatro na categoria “Melhor Ator Coadjuvante” pela peça “Vou Deixar de Ser Feliz por Medo de Ficar Triste?” – 2019
  • Indicado no SEC AWARDS na categoria “Melhor Ator em Série Nacional” pela série “Aruanas” – 2022
Dados Pessoais
  • Nome: Vitor Thiré
  • Altura: 1,84m
  • Aniversário: 30/12/1993
  • Peso: 72kg
  • Sapatos: 43
  • Olhos: Azuis
  • Cabelos: Loiros
  • Manequim: 40